login Sugestões Sitemap Contactos Como chegar
Dossier do Estudante - FAQ's

ÍNDICE

    

A – ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

   

1. Concurso Nacional de Acesso

1.1. Quem pode candidatar-se ao ensino superior? 

1.2. Tenho exames nacionais válidos e pretendo utilizá-los este ano na minha candidatura. Como devo proceder?

1.3. Quantas vagas existem para cada curso em cada estabelecimento? 

1.4.  A quantos cursos se pode concorrer no concurso nacional?

1.5. Quando e onde se apresenta a candidatura ao concurso nacional?

1.6. O que são os pré-requisitos e quando se devem apresentar? 

 

2. Regimes Especiais de Acesso

2.1. Sou praticante desportivo de alto rendimento. Posso utilizar os Regimes Especiais de Acesso ao Ensino Superior? 

2.2. Terminei a minha carreira de praticante desportivo de alto rendimento. Posso candidatar-me através dos Regimes Especiais? 

2.3. Sou funcionário português de missão diplomática portuguesa no estrangeiro. Como posso candidatar-me através dos Regimes Especiais? E os meus familiares? 

2.4. Sou cidadão português bolseiro no estrangeiro. Sou funcionário público em missão oficial no estrangeiro. Como posso candidatar-me através dos Regimes Especiais? E os meus familiares? 

2.5. Sou oficial do quadro permanente das Forças Armadas Portuguesas. Como posso candidatar-me através dos Regimes Especiais? 

2.6. Sou funcionário estrangeiro de missão diplomática acreditada em Portugal. Como posso candidatar-me através dos Regimes Especiais? E os meus familiares?

2.7. Sou bolseiro nacional de um país africano de expressão portuguesa. Como posso candidatar-me através dos Regimes Especiais?

2.8. Sou natural de Timor-Leste. Como posso candidatar-me através dos Regimes Especiais? E os meus filhos? 

 

3. Concursos Especiais 

3.1. Sou titular de um CET. Como posso ingressar no Ensino Superior? 

3.2. Sou titular de um curso médio ou superior. Como posso candidatar-me ao ensino superior? 

3.3. Sou titular das provas dos maiores de 23 anos. Como posso ingressar no ensino superior? 

3.4. No âmbito da candidatura aos concursos especiais, como posso solicitar creditação da minha formação e/ou experiência profissional? 

3.5. De que forma decorrem as candidaturas aos concursos especiais? 

3.6. Qual o modo de pagamento da candidatura? 

3.7. Onde entrego os documentos exigidos para a candidatura? 

3.8. Posso apresentar a candidatura fora do prazo? 

 

4. Regimes de Mudança de Curso, Reingresso e Transferência 

4.1. Interrompi os meus estudos de um curso de ensino superior. Que devo fazer para reingressar? 

4.2. Como posso efectuar transferência ou mudança de curso para o Instituto Politécnico de Leiria, dentro do prazo estabelecido para o efeito? 

4.3. No âmbito da candidatura a reingresso, mudança de curso, ou transferência, como posso solicitar creditação da minha formação e/ou experiência profissional? 

4.4. De que forma decorrem as candidaturas a reingresso, mudança de curso ou transferência? 

4.5. Qual o modo de pagamento da candidatura? 

4.6. Onde entrego os documentos exigidos para a candidatura? 

4.7. No âmbito do concurso posso apresentar candidatura a Mudança de Curso ou Transferência fora do prazo previsto no calendário de candidatura? 

 

 

B – CURSOS PÓS-SECUNDÁRIOS (CET) 

O que são e como funcionam os cursos de especialização tecnológica (CET)? 

 

 

C – MATRÍCULA E INSCRIÇÃO E RENOVAÇÃO DE INSCRIÇÃO ANUAL EM CURSO DO IPL 

 

1. Matrícula e Inscrição 

1.1. Ingressei no IPL através do Concurso Nacional de Acesso. Como procedo para efectuar a matrícula/inscrição? 

1.2. Ao efectuar a matrícula fico obrigado ao pagamento integral da propina ? 

1.3. Não entrei na Instituição pretendida, posso permutar? 

1.4. Ingressei no IPL através dos concursos especiais ou pelos regimes de mudança de curso, reingresso ou transferência. Como procedo para efectuar a matrícula/inscrição? 

1.5. Quais os documentos exigidos para a matrícula? 

1.6. É possível inscrever-me a todas as UC’s que pretendo realizar? 

1.7. Recolocação institucional - Fui colocado na 1.ª ou 2ª fase do concurso nacional de acesso. Candidatei-me numa fase seguinte e obtive colocação. O que aconteceu à minha vaga da fase anterior, já não posso voltar atrás? 

1.8. Fui recolocado, terei que voltar a apresentar documentação exigida? 

1.9. Terei de pagar propinas novamente na Instituição onde fui recolocado? 

 

2. Renovação anual da inscrição

2.1. Sou estudante de um curso do IPL tenho que renovar a inscrição anualmente? Em que prazo? 

2.2. Como procedo para renovar a inscrição anual? 

2.3. Ao efectuar a renovação da inscrição anual fico obrigado ao pagamento integral da propina ? 

2.4. É possível inscrever-me a todas as UC’s que pretendo realizar? 

2.5. Candidatei-me a Mudança de Curso ou a Transferência e ainda não sei o resultado, quando devo proceder à realização da renovação anual da inscrição? 

 

3. Anulação de matrícula/inscrição

3.1. Por motivos pessoais tenho de abandonar os estudos. Faz sentido solicitar a anulação da matrícula/inscrição? 

3.2. Qual a diferença entre “congelamento” e anulação de matrícula? 

3.3. Se anular a minha matrícula sou reembolsado do valor pago a título de propina ou posso ser dispensado do seu pagamento? 

 

4. Prescrição da matrícula e inscrição 

4.1. O que significa prescrever o direito à matrícula e inscrição? 

4.2. Quando prescrevo? 

4.3. O que acontece se prescrever o direito à matrícula e inscrição? 

4.4. Benefício do estatuto de trabalhador estudante será que a minha matrícula e inscrição pode prescrever? 

4.5. Benefício do estatuto de estudante a tempo parcial será que prescrevo? 

4.6. Ao longo do ano lectivo estive várias vezes doentes, estou sujeito ao regime de prescrição? 

 

 

D – CREDITAÇÃO DE FORMAÇÃO OU DE EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL 

1. O que é a creditação de formação, de experiência profissional ou de outra formação? 

2. Que formação ou competências podem ser apreciados com vista à eventual creditação? 

3. Pretendendo candidatar-me a um curso do IPL em que momento posso apresentar um requerimento de creditação? 

4. Sou estudante de um curso do IPL em que momento posso apresentar um requerimento de creditação? 

5. Posso pedir creditação de toda a minha formação e competências? 

6. Que documentos devo apresentar para instruir o pedido de  creditação? 

7. A apresentação de requerimento de creditação tem custos? 

 

 

E – INSCRIÇÃO EM EXAMES 

 

1. Inscrições em exames 

1.1. Quais as épocas de avaliação existentes no IPL?

1.2. Quem pode submeter-se à época normal e à época de recurso? 

1.3. Quem pode submeter-se a exames de época especial e a quantos exames ou créditos ECTS se pode inscrever? 

1.4. Em que circunstâncias tenho direito aos exames mensais?

 

2. Consulta de provas, reclamações e recursos 

2.1. Em que provas há direito a reclamação de nota e recurso? 

2.2. A quem são dirigidas as reclamações de nota? 

2.3. A quem são dirigidos os recursos? 

2.4. Há direito a reembolso das taxas pagas pelas reclamações de nota e respectivos recursos? 

 

 

F – BOLSAS DE ESTUDO POR MÉRITO 

1. A quem são atribuídas as Bolsas por Mérito 

2. Quando se considera que um estudante teve aproveitamento excepcional? 

3. Como faço para proceder à candidatura? 

4. Qual o valor da Bolsa por Mérito?

  

G – PROPINAS 

 

1. Propinas 

1.1. É obrigatório o pagamento da propina? 

1.2. Posso solicitar um plano excepcional de pagamento da propina? 

1.3. Como procedo em relação ao pagamento da 1ª prestação da propina, se pretender concorrer aos benefícios sociais?

1.4. Qual a forma do pagamento da propina para as restantes prestações?

1.5. Se não efectuar o pagamento da propina no acto da matrícula, posso considerá-la válida? 

1.6. Sou estudante a tempo parcial, terei de pagar a totalidade da propina? 

1.7. Sou agente de ensino, tenho de pagar propinas? 

1.8. Sou filho de ex-combatente, tenho de pagar propinas?

 

2. Nulidades de actos curriculares 

2.1. Quais as consequências do não pagamento de propinas?

2.2. À data da matrícula tenho propinas em dívida do ano anterior, será que sou penalizado? 

 

 

 

H – SEGURO ESCOLAR

1. Em caso de acidente escolar, como devo proceder? 

2. Em caso de acidente o que não devo fazer? 

3. Como se processa o reembolso de despesas? 

4. Não possuo condições económicas que permitam suportar todas as despesas derivadas do acidente, como procedo?

5. Quais as coberturas do seguro escolar? 

6. O que se entende por actividade escolar?

 

 

I – EMOLUMENTOS

1. Que actos académicos estão sujeitos ao pagamento de emolumentos?

2. São reembolsados os emolumentos pagos, se obtiver melhoria de nota no exame?

3. Sou estudante bolseiro, benefício de alguma redução? 

 

 

J – ASSIDUIDADE DE ESTUDANTES 

1. A participação nas aulas é obrigatória? 

2. A participação nas aulas e o desempenho nas actividades de presença obrigatória pode ser contabilizada na classificação final? 

3. Sou trabalhador- estudante, estou obrigado à participação mínima obrigatória nas aulas? 

4. A realização de ensinos clínicos, práticas pedagógicas e estágios curriculares exigem uma maior participação? 

 

 

K – ESTATUTO TRABALHADOR-ESTUDANTE 

1. Sou trabalhador-estudante que documentos devo entregar, junto da escola, para requerer o estatuto? 

2. Sou Bolseiro ou frequento um curso de formação profissional ou um programa de ocupação temporária de jovens com duração igual ou superior a 6 meses, posso ver reconhecido o estatuto de trabalhador-estudante?

3. Tinha estatuto de trabalhador-estudante e, entretanto, fiquei na situação de desemprego involuntário, perco o estatuto? 

4. Em que momento devo entregar esses documentos? 

 

 

L – MOBILIDADE DE ESTUDANTES 

Gostaria de ter uma experiência de estudos ou estágio no estrangeiro, através da participação num programa de mobilidade, onde posso obter essa informação? 

 

 

M – REGIME DE ENSINO A DISTÂNCIA

Como funcionam os cursos em regime de ensino a distância? 

 

 

N – SERVIÇOS DE ACÇÃO SOCIAL 

Como posso candidatar-me aos apoios sociais, nomeadamente bolsa de estudo e alojamento? 

 

 

O – RECONHECIMENTO DE GRAUS ESTRANGEIROS 

1. O que é o Registo do Grau e onde pode ser solicitado? 

2. O que é o processo de equivalência ao grau e onde pode ser solicitado? 

3. O que é o reconhecimento do grau e onde pode ser solicitado? 

4. Como devo proceder para reconhecer uma qualificação de nível superior obtida no estrangeiro? 

5. Quais os graus obtidos no estrangeiro que podem beneficiar do processo de registo? 

6. Onde posso solicitar equivalências ao grau de mestre e que documentos devo apresentar? 

7. Onde posso adquirir os modelos para o pedido de equivalência/reconhecimento e quais os modelos para cada situação? 

 

 

P – PROVAS ESPECIALMENTE ADEQUADAS DESTINADAS A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DOS CURSOS SUPERIORES DO IPL DOS MAIORES DE 23 ANOS (M23) 

Tenho mais de 23 anos e gostaria de me candidatar ao ensino superior para um curso do IPL, existe alguma alternativa de candidatura específica para este caso? 

 

 

NOTA: A presente lista de perguntas e respostas (FAQ´s) não dispensa a consulta da informação disponível nas páginas da DGES e do IPL, assim como da legislação e regulamentos aplicáveis.